Responsabilidade Civil Contabilista é um seguro feito especialmente para atender às necessidades de Contabilistas e Escritórios de Contabilidade.
Seu principal objetivo é proteger o patrimônio do segurado, cobrindo despesas de pagamento de indenizações em casos de condenações judiciais ou acordos extrajudiciais, por alegadas falhas profissionais.

Com o Seguro Responsabilidade Civil Contabilista, a Supportcont está segurada contra:

– Perdas resultantes de sua responsabilidade perante a terceiros por ações e omissões na prestação de serviços profissionais;
– Erro ou omissão no exercício da profissão;
– Perdas financeiras, inclusive lucros cessantes (prejuízos causados pela interrupção de qualquer das atividades da empresa), desde que resultante de um risco coberto;
– Custas judiciais do foro cível e honorários advocatícios;
– Danos morais;
– Extravio, furto ou roubo de documentos.

ASPECTO LEGAL E A RESPONSABILIDADE CIVIL

A Responsabilidade Civil nada mais é do que o dever de reparar o dano. Em princípio surge a responsabilidade civil quando são presentes três elementos:
– Prejuízo ou dano;
– Relação de causalidade entre o ato do agente e o dano;
– A culpa.

Artigo 186
Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito.

Artigo 927
Aquele que por ato ilícito (artigos 186 e 187), causar dano a outrem, é obrigado a repará-lo.

Parágrafo único
Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para direitos de outrem.
CÓDIGO CIVIL – Seção III – Do Contabilista e outros Auxiliares

Artigo 1.177
Os assentos lançados nos livros ou fichas do preponente, por qualquer dos prepostos encarregados de sua escrituração, produzem, salvo se houver procedido de má-fé, os mesmos efeitos como se o fossem por aquele.

Parágrafo único
No exercício de suas funções, os prepostos são pessoalmente responsáveis, perante os preponentes, pelos atos culposos; e, perante terceiros, solidariamente com o preponente, pelos atos dolosos.

Artigo 1.178
Os preponentes são responsáveis pelos atos de quaisquer prepostos, praticados nos seus estabelecimentos e relativos à atividade da empresa, ainda que não autorizados por escrito.

Parágrafo único
Quando tais atos forem praticados fora do estabelecimento, somente obrigarão o preponente nos limites dos poderes conferidos por escrito, cujo instrumento pode ser suprido pela certidão ou cópia autêntica do seu teor.